segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

MACRAMÉ - A arte de fazer nós e amarrações + Macrame - The art of tying knots and lashings

  MACRAMÉ

A arte de fazer nós é tão antiga quanto a própria humanidade. Nossos antepassados da Idade da Pedra foram os primeiros a aprender a empregar diversos materiais para fabricar, com nós, utensílios para uso pessoal e para suas habitações. Sabe-se ainda que as antigas civilizações que viveram nas margens do Mar Egeu e o rio Nilo conheciam a arte de fazer nós.

 A palavra MACRAMÉ é de origem árabe e significa amarrado.
Com a expansão da civilização árabe pelo norte da África e pela Europa, o macramê espalhou-se como uma das mais curiosas formas de artesanato, tendo seu auge no Renascimento.
 
 Na Grécia, Espanha e Itália o macramé expandiu-se intensamente, e principalmente em Gênova – Itália, atingiu seu ponto máximo, sendo também introduzido na Inglaterra através de transações comerciais.

 A arte de fazer nós, entretanto, não se restringe somente aos tecidos elaborados e artísticos. Também os marinheiros, em seu contínuo trabalho de soltar e fixar amarras e velas, atar e desatar cabos, espontaneamente, começaram a empregar esses nós e suas variações nos objetos que confeccionavam em seus momentos de folga; pequenos ou grandes objetos que decoravam seus camarotes ou que empregavam como artigos de cambio nos portos em que atracavam. Agora ele está novamente em moda. Tendo aprendido os nós principais pode-se realizar curiosos e belos trabalhos, de grande valor prático e decorativo. Os cordões de diferentes grossuras, fibras e materiais tão diversos, como contas de vidro, madeira, bambu, dentre outros, converterão seus trabalhos em artigos pessoais e de grande efeito junto às pessoas que desconhecem esta prazerosa forma de arte.


++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
Macrame

 The art of making us is as old as humanity itself. Our Stone Age ancestors were the first to learn to use various materials to build with us, utensils for personal use and for their homes. It is known that the ancient civilizations that lived on the shores of the Aegean Sea and the Nile knew the art of tying knots.

 

 Macrame The word is of Arabic origin and means tied. With the expansion of Arab civilization of North Africa and Europe, the macramé spread like one of the most curious forms of craft, with its peak in the Renaissance.

In Greece, Spain and Italy the macramé expanded strongly, especially in Genoa - Italy reached its peak, was also introduced into Britain through trade.


The art of making us, however, is not restricted only to elaborate fabrics and art. Sailors also, in its continuing work to loosen and fix ropes and sails, tie and untie cables, spontaneously, they began using these knots and their variations in the objects that sewn in his spare time, large or small objects that decorated their cabins or employing as exchange items that arrived in port. Now he is back in fashion. Having learned the main nodes can be made interesting and beautiful works of great practical value and decorative. The strings of different thicknesses, fibers and materials as diverse as glass beads, wood, bamboo, among others, will convert its work on personal items and to great effect with people who are unaware of this delightful art form.

2 comentários: